PWM – Modulação por largura de pulso

O arduino possui um conjunto de pinos especiais que implementam a função DAC (digital  to analogic converter), ou seja sintetiza um sinal analógico a partir de um valor númerico.

– A técnica usado pelo arduino é a Pulse Width Modulation (PWM).

– Consiste em ligar e desligar um pino digital numa freqência alta e fazer variar o tempo em o pino está ligado face ao tempo em que está desligado.

– É possivel simular a síntese da amplitude de um sinal a partir de um pino estritamente digital (binário).

O conceito subjacente ao PWM consiste em recorrer a um ciclo cuja a duração ou período é suficiente pequena garantindo uma frequência de actualização superior à do fenómeno em causa.
No caso da luz, é importante que cada ciclo se repita a uma frequência superior (pelo menos o dobre) daquela que está associada à persistência retiniana (cerca de 30Hz). Se a técnica de PWM for implementada para iluminar um LED, por exemplo, numa frequência maior que 120Hz, o sistema perceptivo humano não conseguirá distinguir a comutação do pino (ligar e desligar) e verá apenas a variação de intensidades.

O arduino usa um ciclo PWM com uma frequência de 480Hz, um valor que é adequado para fazer variar a intensidade de luz de um LED.

Links para consulta

WIKI – PWM
WIKI – DAC
ARDUINO – PWM

Anúncios